Quanto tempo de curso eu preciso para ser fluente em inglês?

17:38 | quarta-feira,17 | maio '17
 

Tá, pode substituir “fluente em inglês” pela língua que quiser. Alemão. Espanhol. Japonês. Russo, whatever! Mas certamente essa perguntinha já passou pela sua cabeça quando você estava numa sala de aula, assistindo a um filme em outra língua, ouvindo uma música estrangeira ou mesmo numa conversa com um amigo de outro país. E aí começam as dúvidas: o que mais eu posso fazer pra ficar fluente? Vale a pena investir num intercâmbio?

A verdade é que essa questão do tempo que cada um vai levar para ser fluente em inglês, ou em outra língua, varia bastante de pessoa para pessoa. Vai depender de quanto tempo de curso você já fez, de como foi sua dedicação, se você continua praticando. Aliás, essa é palavrinha aí é bem importante: prática! Praticando você mantém sua mente ativa, aprende a cada dia uma expressão nova e vai adquirindo maior fluidez na hora de falar.

E por isso o intercâmbio muitas vezes acaba sendo a escolha de quem quer se tornar fluente em uma língua muito mais rápido. É que lá fora você vai vivenciar isso à potência máxima, vai se ver “obrigado” a praticar o idioma todos os dias, o tempo todo. Se você precisar descobrir que ônibus pegar para chegar naquele parque, vai precisar perguntar na língua local, certo? E quando quiser comprar um chocolate quente no Starbucks? Vai ter que ler o menu, fazer seu pedido, pagar.  A mesma coisa quando for a uma loja, a um restaurante, quando for puxar papo com a pessoa que está sentada ao seu lado.

Sim, você vai precisar se virar lá fora. E não fique com medo não! A gente acha que essa é uma das partes mais ricas de se fazer um intercâmbio: você vai perdendo aquela timidez de falar errado e vai se soltando. Simplesmente porque não há outra escolha: você pre-ci-sa se comunicar. E assim vai aprendendo mais, corrigindo errinhos, descobrindo novas expressões, adquirindo fluência, fazendo amigos, aumentando seu nível de proficiência.

O nível de proficiência é o que ajuda a determinar seu conhecimento sobre determinada língua, e influencia no tempo de curso que você precisa para se tornar mais fluente. Por exemplo, se você tem nível básico, precisará de mais tempo estudando no exterior (que tal um ano?!). Se já é intermediário, com um intercâmbio de um semestre você voltará para o Brasil com um nível bem mais avançado. Mas se você já está num grau mais adiantado, pode, por exemplo, escolher um curso técnico, que costuma ter duração de uns seis meses, e assim se especializar em uma área específica.

Viu como é complexo afirmar com absoluta certeza em quanto tempo você será fluente em inglês, ou francês, ou alemão? O que nós podemos te contar é que, quanto mais você se dedicar e praticar no dia-a-dia, mais rápido estará falando bem e com segurança. Por isso, como não é uma matemática tão simples assim determinar quanto tempo de curso você precisa para se tornar fluente, tivemos a ideia de fazer algo melhor e que vai ser bem útil: te dar dicas simples sobre como acelerar seu aprendizado – estando na gringa ou no Brasil. Se liga só:

  • veja filmes no idioma que quer aprender. Comece assistindo com legenda, e aos poucos retire a legenda para sentir como você está evoluindo.
  • ouça várias vezes aquela música gringa que você curte e/ou descubra bandas legais na língua que você quer ser fluente. Primeiro ouça enquanto lê a letra, e depois apenas ouça a música prestando atenção nos versos e vendo o quanto dela você entende.
  • converse com nativos pelo Skype. Hoje em dia há sites que conectam pessoas interessadas em conversar com nativos de outra língua. Você pode encontrar uma pessoa que quer aprender, por exemplo, português, e aí vocês combinam de fazer turnos, onde cada um aprende um pouco da língua do outro. Dicas de sites que podem ser úteis: My Language Exchange (https://www.mylanguageexchange.com/) e Meet Speak (http://www.meetspeak.eu/pt/register.php).
  • em cidades grandes é comum também haver encontros para praticar outro idioma, onde o português é “proibido”. A ideia é socializar, fazer amigos e, de quebra, ainda praticar outra língua. No Facebook, por exemplo, há grupos fechados que reúnem pessoas que estão em determinada cidade, como o Surfing Languages em São Paulo (https://www.facebook.com/groups/477340055670711/) ou o Real Life English (www.facebook.com/groups/reallifebh) em BH. Outro site que sempre tem gente promovendo esse tipo de encontro é o CouchSurfing (https://www.couchsurfing.com).
  • se você mora em cidade maior ou turística (e é maior de idade), vá a barzinhos de hostels. É comum ter bastante gringo, e muitos viajam sozinhos!, então é uma oportunidade de se aproximar e conversar em outra língua – e ainda fazer amigos do mundo todo.

E aí, o que achou das dicas? Ficou ainda mais animado para realizar seu sonho, estudar em outro país e se tornar finalmente uma pessoa super fluente em inglês? Vem conversar com a gente! Temos muuuuito mais o que compartilhar com você e te ajudar a tirar todas as suas dúvidas sobre estudar e morar no exterior! 😉


Tags

estudar no exterior fluente em inglês fluente em outro idioma intercâmbio na prática Teste
 
 

Leia também

 

Eu sou o Pedro, tenho 17 anos e fiz meu intercâmbio em Brighton, na Inglaterra. Eu acho que as experiências que […]

Nós podemos te dar um conselho? Namore alguém que já fez intercâmbio! Sabe por que? Porque quem já fez intercâmbio […]

Sim, a gente sabe, essa é uma pergunta que ronda a cabecinha de todo mundo que tem o sonho de […]

 
 

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notifique-me sobre novas publicações por e-mail